Review PS All-Stars Battle Royale: duelos inéditos e cenários interativos - Wx Cheat Games | Dicas | Tecnologia | Detonados

Breaking

Wxcheatgames – smartphones, hardware, games e aplicativos. No wxcg você encontra notícias, dicas e tutoriais e fica por dentro dos assuntos.

Windows

Review PS All-Stars Battle Royale: duelos inéditos e cenários interativos


pós muita propaganda, finalmente a Sony lança o seu jogo de luta que reúne protagonistas de diversos títulos da empresa e mais alguns convidados. PlayStation All-Stars Battle Royale apresenta divertidos duelos entre até quatro personagens que agrada os fãs do gênero.

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação0 (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação0)

PlayStation All-Stars Battle Royale 
Quando Smash Bros. surgiu, o grande atrativo não era a mecânica do game, mas sim a reunião dos principais astros da Nintendo em um jogo único que nenhuma outra desenvolvedora foi capaz de pensar. E hoje em dia, a Sony Santa Monica pegou a fórmula e implementou em um título que também carrega como grande atrativo os protagonistas, não só da própria Sony, mas de franquias de outras produtoras, como Capcom, Konami e Namco/Bandai.
O resultado é um game de luta – com uma pitada de aventura – que reúne grandes nomes da casa, como Kratos, Cole e Drake, duelando contra outros ícones, como Heihachi, Raiden e Dante. A mescla caiu como uma luva, já que cada um dos personagens mostra a sua identidade, presente na aparência, nos golpes, e até mesmo nos cenários.
Pegando Drake – o protagonista de Uncharted – como exemplo, você poderá optar por roupas utilizadas pelo personagem ao longo de seus jogos. Durante os combates, os movimentos de Drake respeitam a sua franquia, sendo assim, prepare-se para muitos tiros, saltos e os famosos golpes do personagem. Seu especial varia entre arremessar um botijão de gás e atirar contra ele, ou arremessar uma pilastra contra seus adversários. E para completar, é possível jogar no mesmo avião de Uncharted 3 - no qual Drake precisa sobreviver a queda.
Essa originalidade atrai não só aqueles que curtem os jogos de luta, mas aqueles gamers que anseiam por novidades em franquias que não ganham um novo título faz tempo, como InFamous e God of War. Eles não irão encontrar uma nova aventura da série, mas elementos o suficiente para aquele momento “fanboy” durante os combates.

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação) (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação))

PlayStation All-Stars Battle Royale 
E que comece a pancadaria!
A mecânica de PlayStation All-Stars Battle Royale é simples: você deve golpear seus oponentes até que a sua barra de especial fique completa. Em seguida, é preciso executar o movimento com a intenção de eliminar seus adversários. Independente do modo, vence aquele que eliminar mais vezes, a diferença é que quando a partida possui limite de tempo, caso ocorra um empate, há um tempo extra.
Apenas o especial pode eliminar um oponente, porém, os seus golpes servem para encher a barra. Os combos estão presentes e são fundamentais para aumentá-la mais rápido. Destaque para os movimentos executados que seguem a risca os games originais, como por exemplo, o combo aéreo de Kratos em God of War.
Armas também ficam espalhadas pelo cenário e ajudam a abater seus adversários. Algumas delas possuem suas particularidades e chegam a até mesmo a diminuir a sua barra de especial e distribuir os pontos entre os personagens dos cenários.

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação) (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação))

PlayStation All-Stars Battle Royale 
Modos de jogo limitados
E como todo bom game de luta, PlayStation All-Stars Battle Royale deveria contar com um bom leque de opções de modo de jogo, mas não possui! Essa pode ser a maior frustração do título que possui uma limitação muito grande em suas partidas, seja no singleplayer ou no multiplayer.
O Modo Fliperama funciona como um modo história. Ao final de sete combates, você encara o vilão do jogo, que nada mais é do que uma grande cabeça que evoca outros personagens. Além deste modo, você pode optar também pelo Provas de Combate, que são uma série de tarefas a serem completadas, como realizar um certo movimento ou sobreviver em um combate.
Fora isso, não restam outros modos de jogo. As modalidades multiplayers nada mais são do que batalhas comuns contra adversários ao redor do mundo. Dessa forma, fica uma certa decepção no ar, já que a mecânica, que poderia render muito mais, fica pouco variada.

PlayStation All-Stars Battle Royale   (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale  )

PlayStation All-Stars Battle Royale 
Cenários coadjuvantes
Os palcos aonde as lutas acontecem possuem suas particularidades. Assim como os personagens, eles respeitam as suas determinadas franquias e são um elemento a mais nas batalhas. Isso porque, por mais indefeso que eles pareçam, são verdadeiros inimigos que podem complicar a sua vida durante os combates.

Alguns deles apenas mudam a forma com que começam e incomodam o mínimo possível o jogador, seja com um míssel ou com uma bomba lançada ocasionalmente. Enquanto outros são um conjunto de armadilhas que pode ser considerado um quinto inimigo desta batalha. Além de atrapalhar a vida dos personagens com raios, espinhos ou outras armadilhas, muitos se modificam completamente durantes as batalhas, como as plataformas de Killzone e o cenário que se constrói de LittleBigPlanet.
Por mais incômodos que possam parecer, eles também são um atrativo a parte e mostram o carinho que o Santa Monica Studios teve com o jogo. Pena que alguns personagens tenham ficado seu suas “casas”, como Dante, Heihachi e Raiden – evidentemente por problemas contratuais.

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação) (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação))

PlayStation All-Stars Battle Royale 
Visual que agrada
A parte visual de PlayStation All-Stars Battle Royale mantém o nível de qualidade da produtora. Não só os personagens, mas os cenários também possuem suas distinções e se mantém fiéis a suas franquias. O mesmo vale para os golpes especiais, que apresentam uma animação curta, porém divertida.
Pena que, tanto o vídeo de introdução, quanto o final do modo Fliperama, decepcionam por não acrescentar em nada na história do jogo. Muitas das falas se remetem a personalidade de cada personagem, seja o ambicioso Kratos, a deprimida Fat Princess e o sarcástico Dante. Sendo assim, terminar um jogo torna-se bem frustrante, já que nada muito interessante será apresentado.
Vale elogiar também os menus e algumas falas em português. Isso mostra mais uma vez que o jogador brasileiro está cada vez mais recebendo a atenção das produtoras. Só que também fica uma sensação estranha no ar já que não são todos os personagens que falam a nossa lingua. Curiosamente Kratos é um dos protagonistas dublados, o que pode ser um indício de que o próximo título da franquia, Ascension (que também é desenvolvido pelo Santa Monica Studios), será totalmente em português. Agora se a voz do personagem agrada ou não, é uma outra história!

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação) (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação))

PlayStation All-Stars Battle Royale 
Conclusão
PlayStation All-Stars Battle Royale é praticamente um Super Smash Bros. da Sony.  A mecânica divertida e sem perder a originalidade de cada personagem caiu como uma luva neste divertidíssimo game de luta. Pena que os modos de jogo limitados não ajudam a ampliar a vida útil do título.


Links Patrocinados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad